Famosas que não ligam para axilas depiladas

Reprodução Famosas que não ligam para axilas depiladas

Falar sobre pelos no corpo de uma mulher ainda toca em pontos como dever, obrigatoriedade, preferência masculina, feminilidade, higiene e muitos outros.

O que espanta é que nenhum deles realmente aborda o cerne da questão: o direito de escolha. É como se não importasse o desejo real do indivíduo que se submete a sessões dolorosas de cera quente, laser e outros métodos; tem que depilar, sem questionar, ponto final.

Quem foge à lógica bizarra do extermínio dos pelos enfrenta críticas e julgamentos apressados, como se a própria “não-depilação” fosse uma escolha definitiva. Ou você tem pelos, para sempre, ou não os tem. Novamente, nada do direito de escolha.

Paris Jackson, filha do astro Michael Jackson, passou por algo semelhante nessa semana.

A jovem publicou uma selfie das axilas no Instagram Story, brincando com o fato de ter esperado quase dois meses para conseguir uns pelinhos tímidos debaixo dos braços. A reação? Uma corrente de ódio por parte dos seguidores, obviamente.

“Eu não imaginava que as pessoas ficariam tão bravas por conta dos meus pelos. As respostas ao post eram furiosas. Eu amo pelos, suor, tudo isso. Alguns acham que é nojento, principalmente em mulheres, mas todos os corpos são assim. É natural. Superem”, retrucou Paris.

Ela não é a única a adotar um posicionamento bacana desses. Veja outras famosas que não dão a mínima para essa conversa de axilas “peladas”:

Fechar X
Sem mais artigos