Ah, o amor nos tempos – malucos – modernos. Imagine só descobrir que o amado te preparou uma surpresinha romântica e controversa por meio do Instagram, sem aviso prévio. Foi mais ou menos isso que rolou com a esposa de Tom Veiga, o intérprete por trás do amado Louro José, o mascote favorito dos brasileiros. Depois de um pedido especial, Alê Veiga encaminhou algumas “selfies” para o amado, que pretendia transformá-la em uma caveira mexicana. Sim, você leu certo. Apesar de saber dos riscos, Tom decidiu fazer uma tatuagem em homenagem à esposa que saiu pior que a encomenda, para dizer o mínimo.

“NÃO GOSTEI”

Todo mundo curtiu, menos a homenageada, claro. Em vez de chamar, ligar e deixar recado na caixa postal xingando muito, Alê Veiga preferiu soltar umas verdades lá no Instagram do maridão, sem pensar duas vezes. Ao contrário dos seguidores de Tom, a esposa começou o recado deixando bem claro que havia odiado a tatuagem surpresa.

“Eu já tinha pedido para você não fazer tattoo de ‘Catrina’ com o meu rosto. Você tem direito de gostar e querer tatuar isso, mas com outro rosto, uma personagem, sei lá. Respeito a cultura mexicana, mas eu não cultuo a morte. Se eu soubesse que as fotos que você pediu hoje fossem para isso, tinha escolhido qualquer uma, não as que eu mais gostava, como você pediu. NÃO GOSTEI!!!!”, gritou Alê na legenda da foto, como prova o capslock final do recado.

Chateado e provavelmente frustrado com a reação da esposa ao gesto de amor e carinho, Tom Veiga optou por acabar com a polêmica e deletar a foto de seu perfil no Instagram. Mas é aquele ditado, né, gente? Sempre existe alguém numa situação pior, pode acreditar. A tattoo do marido arrependido nem é tão assustadora ou bizarra, assim. Reviramos a internet atrás de outras homenagens que deveriam configurar crime inafiançável, com direito a prisão perpétua e tudo mais.

Olha só quanta coisa maravilhosa aqui nessa galeria:

Fechar X
Sem mais artigos