Definitivamente há alguma coisa muito errada com a maneira com que os editoriais e propagandas retratam as pessoas. Será que é realmente necessário “quilos e mais quilos” de Photoshop para despertar o interesse do consumidor na compra de um produto?

A última “vítima” do recurso de edição de imagens foi a atriz Pamela Anderson. A atriz de 44 anos está pelo menos uns 20 anos mais jovem na propaganda da marca de jóias Palladium.


Pamela Anderson ontem e hoje – à direita, muita maquiagem, cirurgia plástica, mas nenhum Photoshop

Recentemente a Advertising Standards Authority, associação britânica que regulamenta as publicidades do Reino Unido, decidiu proibir os anúncios da Lancôme e Maybelline, que trazem Julia Roberts e Christy Turlington como garotas propaganda.

LEIA MAIS: Julia Roberts e Christy Turlington foram gongadas em propagandas

A justificativa para a proibição foi: propaganda enganosa! Segundo a associação, o uso excessivo de programas de tratamento de imagem fazem como que o público alvo das marcas (no caso as mulheres) tenham uma visão distorcida da realidade.

Será que os responsáveis pelas imagens absurdamente editadas realmente acreditam que enganam alguém?

Fechar X
Sem mais artigos