O modelo Tales Soares, conhecido como Tales Cotta, de 26 anos, morreu na passarela do São Paulo Fashion Week, na noite do último sábado (27).

Ele desfilava pela grife Ocksa, quando desmaiou. Os médicos tentaram reanimá-lo por mais de uma hora, mas ele já havia tido morte cerebral. O IML (Instituto Médico Legal) informou que foi morte súbita e o laudo deve ser divulgado em até 90 dias.

Os médicos que atenderam o modelo no Hospital Sorocabano suspeitam que ele tinha uma doença congênita desconhecida. Doenças congênitas são condições que vêm do nascimento e podem ou não serem genéticas. Geralmente, são descobertas ainda na infância. Mas familiares, amigos e a agência BASE mgt, afirmaram que ele era saudável e desconhecia problemas de saúde.

“Ressaltamos que Tales está em nosso casting há um ano e meio e sempre teve comportamento exemplar. O modelo não era estreante, já desfilou em outras edições tanto do SPFW, quanto outros importantes eventos de moda, como a Casa de Criadores. Ressaltamos que Tales nunca apresentou ou se queixou de problemas de saúde. Ele mantinha uma dieta saudável (era vegetariano), não usava substâncias ilícitas e estava em plenas condições para participar do desfile. Aguardamos o laudo médico e pedimos respeito nesse momento de profunda tristeza. Estamos prestando toda a assistência à família e amigos de Tales Cotta, que estará para sempre em nossos corações e memória”, disse a agência em nota.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos