Fechar X

O cantor Justin Bieber fez um teste de DNA na noite da última sexta-feira (18) para provar que não é o pai de um bebê de três meses. Mariah Yeater declarou que teve uma rápida relação sexual com o astro teen após um show.

Em uma tentativa de evitar possíveis questionamentos de fraude, Justin realizou o teste em um laboratório em “circunstâncias muito controladas” e prometeu processar a mulher e seu advogado assim que tiver o resultado em mãos.

LEIA MAIS: Caso de paternidade de Justin Bieber continua fora dos tribunais

Mariah Yeater retira ação de paternidade contra Justin Bieber

Para concluir o exame é necessário que Mariah forneça material genético de seu bebê de apenas três meses de idade. Porém, o site TMZ noticiou que mulher está incomunicável desde que soube que Bieber havia se submetido ao exame.

Fontes ligadas ao cantor afirmam que ele acredita que Mariah Yeater nunca vai fornecer o material para o exame. Caso ele não seja o pai do bebê, a mulher será processada por calúnia e difamação e os advogados do astro dizem que não haverá possibilidade de um acordo.



Fechar X
Sem mais artigos