A música nem sempre é terapêutica para Ariana Grande. A artista respondeu alguns fãs na quinta-feira (18) e fez relatos de partir o coração sobre sua saúde mental em tweets agora apagados.

Quando uma seguidora comentou “música é sua terapia, adoro ver como ela te cura”, a cantora de ‘God Is a Woman’ surpreendeu ao responder “fazer é terapêutico. Performar é como reviver (a dor) e é um inferno”.

Outra fã perguntou se fazer grandes tours é bom para a saúde de Ariana, completando “felicidade > te ver em um show. Se cuide”. Em resposta, ela escreveu “honestamente, acho que não. É muito difícil. Tenho tantas coisas na cabeça, é muito pesado e não tenho energia para processar ou lidar com elas, mas estou tentando. Eu tenho os gêmeos (Scott e Brian Nicholson) e ver todos vocês é muito bom, mas emocionalmente difícil. Queria que fosse há um ano, quando eu dava tudo de mim.”

A artista está se apresentando pelos Estados Unidos e em seguida irá para a Europa com a ‘Sweetener Tour’, com shows marcados até Outubro. Em outro tweet deletado, ela tentou acalmar os fãs afirmando que não pretende cancelar os compromissos.

A voz de ‘Thank U, Next’ despediu-se dos seguidores dizendo “eu me sinto vazia e gostaria de ter mais coisas para falar/mais energia para dar a vocês, mas agora não tenho. Amo vocês.”

Ariana Grande sofre com transtorno de estresse pós-traumático. Em Maio de 2017, um atentado em um de seus shows, em Manchester, Inglaterra, matou 22 pessoas.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos