Presidente Jair Bolsonaro defende Gusttavo Lima sobre live com álcool

A polêmica envolvendo o cantor Gusttavo Lima por uma live nas redes sociais chegou até ao Congresso Nacional e teve o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, dando a sua opinião sobre o assunto: “covardemente atacado”.

Gusttavo Lima e a Ambev são investigados pelo Conar devido ao consumo excessivo de bebida alcoólica durante o evento transmitido ao vivo pela internet. Ainda de acordo com o conselho, ambos os lados não se preocuparam em restringir o acesso de menores de 18 anos à transmissão.

Ainda de acordo com Bolsonaro, Gusttavo Lima e o parceiro comercial tomaram uma iniciativa bonita neste período de quarentena. “Tomaram uma iniciativa espontânea louvável, demonstrando amor pelo seu povo e país, levando entretenimento e conforto para a casa de milhões de família neste momento de estresse, além de arrecadarem toneladas de alimentos e promoverem grandes doações”, escreveu o presidente.

Bolsonaro ainda continuou. “O Brasil agradece! Minha solidariedade ao cantor Gusttavo Lima, que vem sendo injusta e covardemente atacado após a grande live que fez dentro de sua própria casa. Ele e outros artistas sertanejos e de demais gêneros, têm sido grandes heróis nesta luta contra a COVID19 e merecem aplausos”, finalizou.

O cantor sertanejo disse nesta semana que não pensa em fazer outras lives na internet por estar profundamente chateado com a situação exposta pelo Conar.

Fechar X
Sem mais artigos