Bono Vox teve de reforçar seu esquema de segurança depois de receber ameaças de morte em sua caixa postal. Segundo o site Launch, vinte e quatro cartas contendo ameaças já foram enviadas para o escritório do líder do U2 em Dublin, capital da Irlanda, e o remetente é de Londres.

As cartas fazem referência às visitas de Bono à África para promover programas sociais de combate à AIDS e à fome mundial.

O conteúdo das mensagens é bem direto. Todas dizem para o músico e seus amigos prestarem bastante atenção: se continuarem com esses projetos, terão um final trágico. Uma das correspondências também dizia: “Que se danem os estrangeiros. Ajude o seu próprio povo”.

Agora, o envio das mensagens virou caso de polícia. O Correio Britânico está conduzindo as investigações e a Scotland Yard também foi envolvida. As cartas e os envelopes serão analisados por meio de impressões digitais ou evidências de DNA para identificar o remetente, que receberá uma acusação formal e poderá receber voz de prisão.

Clique aqui e conheça tudo sobre a carreira de Bono Vox e do U2.

Fechar X
Sem mais artigos