Dois cantores de k-pop, febre adolescente mundial, foram condenados na Coreia do Sul, nesta sexta-feira (29), por estupro coletivo.

Jung Joon-young foi sentenciado a seis anos de prisão pelo crime e também por filmar sem consentimento mulheres fazendo sexo e divulgar os vídeos em grupos de bate-papo. Choi Jong-hoon, ex-participante da boy band F.T. Island, foi condenado a cinco anos de prisão.

Eles foram condenados por cometer estupro agravado, que significa que diversas pessoas colaboraram para ter relações sexuais sem consentimento com alguém que estava inconsciente e era incapaz de resistir, segundo informou a AP.

Além da sentença, os músicos também terão que submeter a 80 horas em programas de tratamento de agressores sexuais.

10 fatos sobre k-pop:

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos