Dua Lipa

Dua Lipa se apresentou esta semana em Shangai, na China, e algo bastante triste aconteceu durante o show. Alguns fãs levantaram bandeiras de arco-íris, símbolo que representa o orgulho LGBTQ+, e foram retiradas à força por seguranças.

No país, é proibido fazer “propaganda LGBT”. A cantora chegou a chorar ao ver os fãs sendo expulsos. “Essa noite eu quero que você seja você mesmo, autêntico e verdadeiro. Perca todas as suas inibições, não sinta remorso e nunca ouça alguém que lhe imponha o contrário”, disse a cantora, chorando.

Dua Lipa

No Instagram, Dua Lipa fez um texto e falou sobre o ocorrido. “Ontem à noite eu me apresentei por meus fãs. Um show prometido. Eu os defendi, cantei e dancei com eles. Eu vou defender vocês e por todo seu amor e crenças, e eu estou orgulhosa e grata que vocês se sentiram seguros o suficiente para mostrar seu orgulho no meu show. O que vocês fizeram precisa de muita coragem. Eu quero sempre que minha música traga força, esperança e união. Eu fiquei horrorizada pelo o que aconteceu e eu envio amor a todos meus fãs envolvidos. Eu iria amar voltar para meus fãs quando for a hora certa e, esperançosamente, ver o espaço cheio de arco-íris. Amo você Shangai”.

Fechar X
Sem mais artigos