Marília Mendonça em foto de Randes Filho

Marília Mendonça é compositora de dezenas de hits da música brasileira que você cantou nos últimos anos. Seu talento e versatilidade a levaram ao topo.

Também intérprete, o sucesso mais recente da goiana de 23 anos é Sem Sal, que ultrapassa 12 milhões de visualizações em uma semana. Bem Pior que Eu, lançada há um mês, se aproxima de 100 milhões.

Marília é a mulher mais ouvida no YouTube Brasil. No último ano, acumulou 1,85 bilhão de visualizações em suas músicas na plataforma.

Em setembro, Gal Costa abençoou Marília e lançou Cuidando de Longe, com participação especial da popstar goiana.

A sofrência de Marília Mendonça atravessou fronteiras também com Ciumeira, lançada em agosto pela Som Livre entrou em setembro na lista TOP 200 do Spotify Mundo, feito realizado por apenas outros três artistas brasileiros.

Além do Top 200 das mais tocadas, em 168o. lugar, e Top 50 Virais do Mundo, a faixa ganhou destaque no TOP 50 Viral da Holanda, Japão, Colômbia, Chile, Argentina, Uruguai, Portugal e Paraguai.

Ciumeira foi gravada na Praça do Relógio, em Belém (PA), num show surpresa aberto ao público que faz parte do projeto #TeVejoEmTodosOsCantos.

Nós trocamos uma ideia com a artista fenômeno sobre composição, inspiração e outros assuntos:

Como é seu processo de composição, o que te leva a compor uma música nova?
Marília Mendonça – Para compor não existe muito um processo, geralmente a inspiração vem nos momentos que estou na estrada, no avião, no hotel. Por isso que a caneta e o papel são os meus maiores companheiros, sempre tenho por perto para esses momentos de inspiração.

Que ingredientes um grande hit deve ter?
Marília – Claro que a gente sabe quando um música tem potencial para ser um hit, mas isso é muito orgânico. Acho que a música tem que gerar uma identificação. As minhas letras são assim, muita gente se identifica com a situação do relacionamento, da traição, da paixão.

Que dica daria a um iniciante?
Marília – Ter comprometimento com o objetivo, se dedicar e acreditar sempre. Quando se tem talento, no momento certo as coisas acontecem.

Se tivesse o poder de trazer artistas que já se foram à vida, com quem gostaria de compor uma música?
Marília – É difícil citar apenas uma pessoa. A música brasileira já teve tanta gente boa, nós temos um verdadeiro tesouro quando olhamos para algumas composições, ainda mais aquelas que continuam completamente atuais.

Fechar X
Fechar X