Iron Maiden no Allianz Parque, em SP

Foto: Gabriel Quintão

Nesta noite de sábado, 26, o Iron Maiden fez a alegria de 40 mil fãs no Estádio do Allianz Parque, em São Paulo, ao apresentar o último show brasileiro da The Book of Souls Tour. Se formos comparar a apresentação dos ingleses com uma partida de futebol (esporte que eles também adoram), foi daquelas disputas em que o time entra em campo com o jogo ganho, passa sufoco no primeiro tempo, toma uma bronca do técnico no intervalo e volta arrebentando no segundo tempo, para vencer a partida de goleada. E que goleada!

A banda do vocalista Bruce Dickinson entrou em campo priorizando músicas do novo álbum The Book of Souls, logo no início, o que deixou a primeira parte do show um tanto morna. Afinal, mesmo sendo a turnê do disco, os fãs esperavam ouvir os clássicos também. Músicas novas como If The Eternity Should Fail e The Red and Black, por exemplo, são super longas e variam de 8 a 13 minutos de duração. The Trooper apareceu apenas na sexta música do set, para dar o gostinho do que estaria por vir.

Iron Maiden no Allianz Parque, em SP

Foto: Gabriel Quintão

Daí veio o momento da reviravolta, da chacoalhada do técnico e baixista Steve Harris, e a Dama de Ferro resolveu mostrar o que é o Iron Maiden de verdade, aquele que conhecemos de cor, e disparou uma sequencia de hits matadora: Hallowed Be Thy Name (a mais emocionante da noite), Fear of The Dark (com o famoso coro do público), Iron Maiden (com a cabeça gigante do Eddie dominando o palco) , The Number of The Beast, Blood Brothers e para encerrar, a maravilhosa Wasted Years. Ufa! Foi goleada. Foi nocaute. Foi alucinante.

Se liga nesse momento incrível:

A energia dos caras no palco não muda, e não se esgota. Bruce Dickinson pula pra lá e pra cá, Steve Harris corre o tempo todo, Janick Gers é o maior malabarista de guitarra que você já viu, e Nicko McBrain mantém o título de um dos melhores bateristas do heavy metal. Em tempos de tantas bandas e artistas clássicos nos deixando ou se esfacelando (Lemmy Kilmister e David Bowie que faleceram, Black Sabbath fazendo a última tour da vida, AC/DC desfigurado), o Iron Maiden é uma das últimas grandes bandas existentes. Só temos a agradecer por ainda estarem tão em forma, e ainda mais que sempre dão uma passadinha pelo Brasil. Vida longa ao Maiden.

Veja abaixo as imagens do show:

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos