(Foto: Paulo Victor Ferreira) LILT

Billy Graziadei, guitarrista e vocalista das bandas norte-americanas Biohazard e Powerflo, tem um pé no Brasil há anos: além de ser casado com uma brasileira e amante de açaí, já trabalhou com Sepultura, Raimundos, Ink e mixou Solis, o debut da banda cearense LILT, lançado nesta sexta-feira, 18, nas plataformas digitais.

O grupo formado por Paulo Tomé (guitarra/synths/beats), Jones Sampaio (baixo) e Leo Mamede (bateria) dispensa letras e apresenta o melhor do fusion rock instrumental, transmitindo energia, calor e vibração cósmica na sonoridade. Solis chega quatro anos após o nascimento da banda e do lançamento do EP Spacelapse.

O contato com Billy Graziadei vem rolando desde 2013, quando o músico tocou em Fortaleza, cidade natal da LILT, e conheceu o trio. Desde então, emails e ligações foram trocados até que em 2017 surgiu o convite para a mixagem do álbum. Nove minutos de conversa ao telefone foram suficientes para o músico norte-americano aceitar o trabalho e tecer elogios ao som da banda.

“A banda é ‘ducaralho’. Curioso, eu acabei de conversar com um amigo que trabalha com o Nine Inch Nails falando não apenas como produtores e mixadores, mas como artistas. Existem coisas que a gente ouve e gostaria de fazer parte. Por isso que gosto de produzir bandas do início até o fim”, falou Billy na ligação.

A partir desse momento, foi uma correria para os músicos brasileiros, pois Solis já estava em fase de gravação e Billy pediu as noves faixas pré-mixadas em dez dias. “Logo que entregamos, Billy mexeu nas músicas com total liberdade. Inseriu coisas, tirou outras, cortou trechos… Demos total liberdade a ele. Assim, tivemos o privilégio de contar com um produtor de peso internacional. Até hoje temos contato com ele, que tornou-se um grande parceiro”, contam os músicos da LILT.

Para divulgar o trabalho, o trio fez vídeos comentando as faixas. Confira um deles:

Solis foi gravado no Wommusiclab e as baterias no Magnolia Produções, em Fortaleza. A mixagem foi feita por Billy Graziadei, dono do Firewater Studios, em Los Angeles, EUA, e a masterização foi realizada no Metropolis Mastering em Londres, Reino Unido.

O álbum leva o selo Sinewave, um dos mais conceituados selos de música independente do Brasil que já lançou quase 200 trabalhos de mais de 90 artistas brasileiros. Tem em seu portfólio nomes como Macaco Bong, Huey, Kalouv e Patife Band, entre outros.

Ouça LILT no Spotify Deezer, Souncloud e iTunes. Acompanhe o trabalho da banda nas páginas do Facebook, Instagram e site.

Fechar X
Sem mais artigos