Dexter dá o recado para quem quer sobreviver nas ruas

Dexter dá o recado para quem quer sobreviver nas ruas

Se você acha que as pessoas não mudam com o tempo, Marcos Fernando de Omena é um dos maiores exemplos de regeneração que temos. Conhecido como Dexter, um dos nomes mais atuantes do rap nacional, o mc não começou sua carreira nas ruas, mas sim dentro do presídio, local onde esteve por 13 anos. No Carandiru, no final dos anos noventa, criou o grupo 509-E, mas foi quando se lançou em carreira solo, com o disco Exilado Sim, Preso Não (2005), que o bicho pegou, e ganhou a notoriedade dos mais respeitados rappers.

Mano Brown, DJ Hum, MV Bill, Zé Gonzales, Edi Rock, Thaíde, KL Jay, Paula Lima, Seu Jorge, Guilherme Arantes e muitos outros nomes da música brasileira tornaram seu ‘parça’, por admirar o seu trabalho. Em 2009, após sua liberdade, lançou o primeiro DVD Dexter & Convidados, e repetiu a dose (só que em escala maior) em 2012, com o DVD Dexter & Convidados – A Liberdade Não Tem Preço. Para ter uma ideia da influência do cara, ele é considerado o ‘quinto’ Racionais MC’s e até no show do Public Enemy ele cantou, a convite do próprio Chuck D e Flavor Flav. Agora, Dexter prepara o lançamento de Flor de Lótus, o aguardado segundo álbum.

10799676_898937750137374_2078716382_n

minidocs2 Não teria personagem melhor e mais emblemático para inaugurar o Virgula MiniDocs, programa      documental que marca a nova cara do portal, com vídeos que retratam a vida e a carreira dos artistas.Dexter  trocou uma ideia com a gente, contou como o rap abriu sua mente (e o salvou anos depois no sistema  prisional).  Ele também falou sobre seus anos lá, explicou por que resolveu gravar DVDs repleto de convidados e deu dicas  de como sobreviver nas ruas. Bom, assiste aí, pois o homem tem muito a dizer.

MiniDocs #1: Dexter

Fechar X
Sem mais artigos