Quem quiser dar uma volta aos tempos da brilhantina tem lugar certo pra ir nesta sexta-feira (17): a Casa 92, em Pinheiros, São Paulo. Tocam por lá os DJs Robertinho, ídolo dos modernos e bem-nascidos dos anos 70, titular das cabines de discotecas como o Gallery e Papagaio Disco Club, e Sônia Abreu, a primeira DJ mulher do país. 

Roberto de Castro Amaral, o DJ Robertinho, trabalhou por oito anos no Gallery, onde tocou para todo o high society da época. Ele chegou a tocar no Studio 54, o maior templo da disco music, em Nova York, em 1978. 

Já a DJ Sonia Abreu foi produtora musical da rádio Excelsior de São Paulo, entre 1968 e 1978, período de maior audiência da emissora. Durante esse período, produziu as coletâneas Papagaio Disco Club e Excelsior a Máquina do Som.

Em 1977, Sonia estreou como DJ na lendária discoteca Papagaio Disco Club, do empresário Ricardo Amaral. Nos anos 80, montou dentro de um ônibus um sofisticado sistema de som em que levava sua música a diferentes espaços urbanos, criando assim a rádio móvel Ondas Tropicais.

Para quem quiser exercitar seu melhor espírito John Travolta nos Embálos de Sábado à Noite, a Casa 92 é o lugar para estar nesta sexta.

Casa 92
Rua Cristovão Gonçalves, 92, Pinheiros
tel. 3032-0371
Preços: de R$ 50 a R$ 100

Fechar X