Fechar X

Rod Stewart decidiu revelar detalhes extremamente íntimos e polêmicos em Rod: The Autobiography, a autobiografia do cantor, lançada na última terça-feira (23).

Em um dos trechos mais polêmicos, Rod detalha um método nada usual adotado por ele para consumir cocaína sem ferir ou prejudicar as vias nasais dele.

“Nós comprávamos remédios contra resfriados, abríamos as cápsulas, substituíamos o conteúdo com um pouco de cocaína, e tomávamos as cápsulas pela via anal, onde, claro, o corpo humano sendo a coisa maravilhosa que é, dissolvia as cápsulas sem esforço nenhum”, escreveu o cantor.

Em outro trecho, Stewart nega os boatos de que costumava agradar marinheiros com sexo oral, e que certa vez teria feito uma lavagem estomacal após ter ingerido uma grande quantidade de sêmen. Segundo Stewart, a história foi inventada por um antigo assessor de imprensa dele, Tony Toon.

“[Tony] espalhou para a imprensa que, como consequência de uma noite inteira agradando uma gangue de marinheiros oralmente em um bar gay de San Diego, eu fui para um hospital fazer uma lavagem estomacal. Nunca agradei nem um marinheiro solitário, e nunca tive que fazer lavagem estomacal para retirar sêmen de marinheiro ou de qualquer outro tipo”, alegou.

Não satisfeito, Rod ainda abordou outros temas sexualmente polêmicos, como o episódio em que negou ter um molde feito a partir de seu pênis pela groupie Cynthia Plaster Caster, para evitar ser comparado a Jimi Hendrix.

“Teria sido uma honra, obviamente. Mas Ron Wood [guitarrista dos Rolling Stones e ex-companheiro de Rod no Faces] e eu examinamos os espécimes na mesa à nossa frente, pensamos por um instante, consideramos a escala um pouco mais modesta de nossos equipamentos e dissemos ‘não, obrigado'”, revelou.

No próximo dia 30, Rod Stewart lança um álbum natalino chamado Merry Christmas, Baby.

Fechar X
Sem mais artigos