Eminem foi interrogado pelo Serviço Secreto dos EUA por músicas “contra” Trump e esposa

O Serviço Secreto dos Estados Unidos fez questionamentos ao rapper Eminem por trechos de
suas músicas indicarem um comportamento ameaçador contra o presidente do país, Donald
Trump, e a primeira-dama, Ivanka Trump.

 

 

A informação é do site norte-americano Buzz Feed News, que teve acesso a documentos
fornecidos pela Lei de Liberdade da Informação dos Estados Unidos, que trata de assuntos não
divulgados pelo governo federal.

 

O Buzz Feed foi atrás do assunto após analisar minuciosamente a letra de The Ringer, que trás
um trecho citando a visita da organização governamental. “Porque o agente laranja [referência
a Trump] acabou de mandar o Serviço Secreto para me conhecer pessoalmente e ver se eu
realmente penso em machucá-lo”, descreve a letra.

 

Outra música de Eminem que cita os “donos do poder" é Framed, lançada em 2017. Nela, o rapper faz citação direta à primeira-dama, Ivanka Trump. Leia abaixo parte da música
traduzida.

 

Acordei, estava de manhã
Devia saber que algo estava errado
Acho que estou virando um monstro
por causa das drogas que uso
Pato Donald está no ar
tem um caminhão de brinquedo no quintal
Mas, porra, como diabos é que a Ivanka Trump
está no porta malas do meu carro?
Preciso chegar ao fim disso e tentar resolver
Tenho que ir muito além
pois isso foi incumbido a mim
Além disso, me sinto um pouco responsável
pela loirinha burra
Aquela dançarina de bastão filha da puta
que foi despejada na lagoa
Segundo assassinato sem lembrar do que houve

Fechar X
Sem mais artigos