Frances Bean Cobain resolveu se manifestar sobre as acusações que sua mãe, Courtney Love, fez contra Dave Grohl, líder dos Foo Fighters. A viúva de Kurt Cobain disse em sua conta no Twitter que Grohl teria seduzido sua filha, de 19 anos.

Segundo Love, um motorista e um companheiro de quarto de Frances teriam contado que Dave “tentou transar” com Frances recentemente, e chegou a “passar a mão” nela durante um passeio de carro. A motivação por trás de tudo isso, de acordo com a cantora, seria uma obsessão sexual reprimida de Dave por Kurt Cobain.

“Enquanto mantenho silêncio sobre os escândalos da minha mãe biológica, seu mais recente surto foi de extremo mau gosto”, disse Frances em um comunicado enviado ao site E!. “Nunca fui abordada por Dave Grohl dessa maneira. Estou em um relacionamento monogâmico e muito feliz. O Twitter deveria banir minha mãe”, completou.

Em um comunicado enviado à imprensa norte-americana, Grohl – casado desde 2003 e pai de duas meninas – evitou criar polêmica, e se ateve a negar as afirmações de Courtney.

“Infelizmente, Courtney está fazendo mais um daqueles discursos cheios de ódio pelo Twitter. Essa novas acusações são perturbadoras, ofensivas e absolutamente mentirosas”, declarou.

Sem mais artigos