Ivan Lins grava participação no Sambabook (crédito: Carolina Moura)

O compositor Ivan Lins aproveitou sua passagem pelas gravações do Sambabook, em homenagem a Jorge Aragão, para anunciar os lançamentos que prepara para este ano. Após cantar a música “Alvará”, uma apresentação que dedicou a sua mulher, Ivan revelou que sua carreira hoje está muito imprevisível.

“Acabei de lançar um box com gravações de 1975, um registro histórico de minhas apresentações ao vivo. Foi a primeira vez que lancei algo do tipo e quero dar continuidade com outras edições, privilegiando trabalhos que fiz ao vivo desde a década de 70 até agora. Hoje todos os meu projetos musicais são repentinos”, explica Ivan, que conta com a internet para divulgar seus novos álbuns.

Em fevereiro deste ano, Ivan começou a produzir um CD de fados. As gravações, que estão sendo realizadas em Portugal, continuam em junho com a participação de músicos portugueses e grandes intérpretes do gênero. Ao mesmo tempo, o cantor finaliza um álbum de músicas caipira, inteiramente acústico.

No segundo semestre, Ivan lançará um CD de seu encontro com o falecido compositor gaúcho Geraldo Flach, uma compilação de seus melhores concertos ao vivo. E não para por aí! Também no forno, um documentário apenas com canções escritas para mulheres, em parceria com o compositor Vitor Martins, ganhará depoimentos que contam as histórias de cada música, além dos relatos de mulheres que também as gravaram.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos