Fechar X

Janet Jackson refutou as acusações de que esteja interessada na herança do irmão Michael Jackson – morto em junho de 2009 – por interesse financeiro. Segundo a cantora, ela pensa apenas no bem-estar dos filhos de Michael.

Desde a morte do cantor, a herança do Rei do Pop está nas mãos de John Branca e John McClain, veteranos da indústria fonográfica, mas a família Jackson alega que o testamento em vigor, assinado em 2002, é inválido por não dar controle a eles sobre os bens de Michael.

Sempre cercada por polêmicas, a família Jackson foi acusada de tentar enriquecer com o patrimônio de Michael. Os irmãos Jackson foram acusados de conspirar pela herança do cantor recentemente, após a matriarca Katherine Jackson ter sido isolada em um spa por 10 dias – supostamente para que “saísse do caminho” entre eles e os bens de Michael Jackson.

Mas em nota divulgada por seu advogado, Janet fez questão de negar qualquer teoria conspiratória nesse sentido.

“[Os irmãos Jackson] não têm nada a ganhar ao constatar que o testamento [atual] é inválido”, afirma. “O que irá mudar é que os executores serão substituídos, e o patrimônio e a tutela serão geridos de forma que privilegie o interesse das crianças, que é o que Michael queria”.

Fechar X
Sem mais artigos