KL Jay se une a MC Guimê e destaca Lay e Renan Samam em música que antecipa álbum

Fabiano Alcântara

Por

Atualizado em 6/12/2017

KL Jay

Laiz Amarante KL Jay

Leia mais

KL Jay está preparando um disco cheio de participações. Pelas suas credenciais, ele nem saiu e chega como candidato a ser um dos discos mais nervosos do ano. Nesta sexta (8), o DJ dos Racionais MCs dá um indicativo do que vem por aí, com o lançamento do single Tá Patrão.

A aproximação com Guimê veio depois que o DJ conheceu MC Guimê por meio de seu filho DJ Kalfani. Do encontro, KL Jay passou a sentir vontade de trabalhar na música Tá Patrão, que MC Guimê fez em 2011.

“Eu curti, pois o cara é seguro cantando. Ele é talentoso, agressivo no vocal, interpreta bem. Fiquei fã e ouvi as outras músicas dele”, elogia KL Jay.

A música tem participação de Renan Samam e da Lay, que na visão do KL Jay potencializam a música como deve ser. Ter os dois é importante, pois são nomes da nova cena que KL Jay admira. “A Lay é talentosa demais. Eu me identifico muito com ela. Acho muito importante uma mulher estar falando de dinheiro na música. Uma voz de mulher no meio dos discursos dos homens, falando de igual pra igual.”

“A faixa Tá Patrão 2.0 trata-se de uma versãor rap com elementos brasileiros, a música tem elementos de escola de samba, tem o ritmo do samba característico das escolas de samba mesmo. A composição fala de prosperidade, de dinheiro de uma forma política, de um olhar engajado, sério e político. Mensagem necessária, pertinente e atual”, afirma texto da assessoria de imprensa.

O clipe da música está previsto para janeiro e o disco para os “próximos meses”.

KL Jay

Laiz Amarante KL Jay

KL Jay é um mestre do ofício, conhecido por fazer colagens que tornaram o rap nacional referência mundial, autor de diversos hinos com os Racionais MC’s e nunca decepciona com seu voo solo. Vai dos blacks da velha escola a grooves raros brasileiros e mantém a mente aberta em relação às novas vertentes do rap e ao funk, por exemplo, como mostra o primeiro single.

Clássico e sempre atual, KL Jay faz participação, por exemplo, no disco de Baco Exu do Blues, uma das grandes revelações do ano. E, encerra 2017 em dobradinha com Guimê e destacando Renan Samam e Lay. Por maiores que sejam,  os grandes astros do hip hop nunca estão sozinhos. Eles sabem que quanto mais forte a banca, mais difícil quebrar.

Sugerir correção

Relacionados ao assunto

Carregar mais

Comentários