O primeiro dos dois shows em homenagem à Legião Urbana, realizado nessa terça-feira (29) em São Paulo, resultou em polêmica e controvérsia nas redes sociais.

Impedidos de usar o nome da banda oficialmente, o guitarrista Dado Villa-Lobos e o baterista Marcelo Bonfá se aliaram ao ator Wagner Moura para criar o Tributo à Legião Urbana. Segundo os dois remanescentes, esta será a última vez que eles se reúnem para tocar músicas da banda brasiliense.

Instantes após o grupo subir ao palco do Espaço das Américas com Tempo Perdido, a performance do Capitão Nascimento de Tropa de Elite virou o assunto mais comentado mundialmente no Twitter, e permanece entre os mais falados no Brasil nesta quarta-feira (30).

Enquanto a maioria dos comentários critica as nítidas desafinadas do ator global – claras até para os ouvidos menos exigentes – boa parte tentava exaltar o fato de Wagner ter incorporado um fão do grupo sem emular a presença de palco do vocalista da Legião, Renato Russo, morto em 1996.

Emocionado e distante das críticas do mundo virtual, Wagner parecia feliz com a oportunidade de assumir temporariamente a vaga de Renato, considerado um dos maiores letristas do rock nacional.

Em entrevista ao iG, na saída do show, Wagner reconheceu as falhas na voz e prometeu melhorar no segundo show, que acontece hoje, também no Espaço das Américas.

“Acho que vai ser melhor”, disse. “Eu particularmente, com essa coisa técnica, com a música e tal que é tudo novo pra mim. Acho que o começo do show eu fiquei meio assim… Mas fui fã o tempo inteiro”, explicou.

O show desta terça será novamente transmitido ao vivo pela MTV, a partir das 22h.

Serviço:
MTV Ao Vivo – Tributo à Legião Urbana
Local: Espaço das Américas – Rua Tagipuru, 795, Barra Funda. São Paulo/SP
Horário: 22h
Ingressos: R$ 200 (inteira), disponíveis na bilheteria. Sujeitos a lotação. 

Fechar X
Sem mais artigos