A cantora Lily Allen protestou durante show contra polêmica racista envolvendo o ator Liam Neeson.

Em apresentação em Sidney, na Austrália, na última terça-feira (5), ela dedicou a música ‘Fuck You’ ao ator. “Normalmente, dedico esta canção a Donald Trump, mas esta noite será para Liam Neeson. Este porco racista”, disse a cantora.

Durante uma entrevista recente para divulgar seu novo filme, ‘Vingança a Sangue Frio’, Neeson falou que em certo momento da vida teve um “instinto primitivo de matar um negro”.

“Uma amiga querida foi violentada e minha primeira reação foi perguntar quem foi. Ela não sabia, mas disse ter sido um homem negro. Eu saí nas ruas esperando que alguém me abordasse – tenho vergonha de dizer isso -, mas por uma semana, esperando que algum negro saísse de um bar e viesse até mim por nenhuma razão, sabe? Então, eu poderia matá-lo”, disse o ator.

Em outro programa de TV, ele voltou a comentar a história: “entendo o que as minhas palavras causaram, mas não sou racista. Isto aconteceu há 40 anos. Eu tinha um instinto primitivo. Estava tentando salvar a honra de uma amiga querida de um jeito medieval”, completou.

Fechar X
Sem mais artigos