Fechar X

No evento musical Porão do Rock, ocorrido em Brasília no último final de semana, o músico Lobão dedicou a canção Eu Não Vou Deixar ao coletivo Fora do Eixo. O grupo, que ganhou maior notoriedade por meio da Mídia Ninja durante as últimas manifestações, coleciona efusivos críticos e defensores.

Lobão vem tentando, até o momento sem sucesso, agendar com o comandante do Fora do Eixo, Pablo Capilé, um debate online.

O porão do rock teve em sua programação Mark Lanegan, Paralamas do Sucesso, Krisium, Suicidal Tendencies, Matanza, Soufly, Dead Fish e outras dezenas de atrações.

Veja a letra da música logo abaixo.

Eu Não Vou Deixar

Por todos esses anos
Por tudo que eu passei
Por tudo o que eu faço
E ainda o que eu farei,
Não vem com esse papo de hiponga
Que eu não vou deixar
A palavra é minha arma
Minha bala é minha canção
Nem vem mexer com aquilo
Que você não tem noção
Não adianta insistir, meu irmão,
Que eu não vou deixar
Cadê a sua lábia?
Seu tempo se esgotou
Quem foge da conversa
Já perdeu de W.O.
Te aviso companheiro, não se esconda
Que eu não vou deixar

E agora? Aonde está
A banca que você botava?
E agora? De quem é mesmo
O pesadelo que você armava?
E agora? Eu estou aqui e é você
Que foi embora…
E agora, você deu o fora,
Mas que papelão!
Mané querendo mudar o mundo
Engenheiro social
Tungando a grana de artista
Inventando edital
Direito autoral ele também não quer,
Mas eu não vou deixar
Patrulha e desespero,
Evangelho coletivo
Doutrina de carola estatizado e vendido
Rebelde chapa-branca quer que eu cale
Mas eu não vou deixar
De bem intencionados
Eu não aguento mais
Tem otário se achando valente
Mas quando me vê, mija pra trás
Acabou sua pilantragem, sabe por quê?
Porque eu não vou deixar.

 

Fechar X
Sem mais artigos