Empresário acusa Dre de mandar matá-lo

Divulgação Empresário acusa Dre de mandar matá-lo

Suge Knight, CEO da Death Row Records, está processando Dr. Dre pois acredita que o rapper contratou um matador de aluguel para tirar sua vida. O caso teria acontecido em 2014.

Segundo o TMZ, tudo se deu por conta de uma parceria entre Suge e Dre na criação da marca de aparelhos sonoros Beats By Dre, que, mais tarde, foi comprada pela Apple. A empresa de Steve Jobs, porém, não queria ter seu nome atrelado ao de Knight. A solução que o lendário rapper teria encontrado seria a de tirar a vida do magnata.

Suge Knight está preso

Reprodução Suge Knight está preso

Dre teria, então, escolhido o fim de semana do VMA de 2014 para mandar o assassino. Naquela noite, Suge foi atingido por sete tiros em seu abdômen, mas acabou sobrevivendo. O processo afirma que a polícia abordou um cara chamado T-Money, que teria confessado ter sido enviado por Dr. Dre para matar o empresário.

Suge Knight está preso desde o começo de 2015, quando atropelou, supostamente de propósito, Cle “Bone” Sloan e Terry Carter com um caminhão, causando a morte do segundo. Em sua ação, Suge afirma que estava fugindo de uma emboscada quando tudo aconteceu. De acordo com ele, Sloan recebeu US$ 300 mil de Dre e da gravadora Universal para “cuidar do problema” com o empresário.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos