marilyn-manson-2017-promo-670-380

(Foto: divulgação)

Mais uma estrela norte-americana está sendo acusada de assédio sexual, e também de racismo. Desta vez o alvo não é um dos atores de Hollywood, mas sim o músico Marilyn Manson. A atriz Charlyne Yi, que participou do elenco de House em 21 episódios interpretando a Dra. Chi Park, disse pelo Twitter que o astro visitou o set da série e fez vários comentários grosseiros para as mulheres que estavam no local.

“Sim, isso aconteceu há muito tempo, na última temporada de ‘House’. Ele [Manson] veio visitar o set porque era um grande fã da série e assediou praticamente todas as mulheres, nos perguntando se fazíamos a ‘tesoura’’ ou o ‘rinoceronte’ (posições sexuais) e me chamou de homem chinês”. 

A conta de Charlyne Yi no Twitter foi deletada após a acusação e o músico ainda não se pronunciou, informa o The Guardian.

Em outubro de 2017, Manson expulsou da banda o baixista Twiggy Ramirez, de nome George White, por ter sido acusado de estupro pela vocalista Jessicka Adams, da banda Jack Off Jill. Em uma recente entrevista sobre assédio, Manson disse: “Você deve contar para a polícia, e não para a imprensa”. 

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos