Morreu na noite deste domingo, aos 95 anos, o cantor cubano Compay Segundo. De acordo com um porta-voz da gravadora do músico, a Dro-EastWest, Maximo Francisco Repilado Muñoz (seu nome verdadeiro) morreu devido a um desajuste metabólico e insuficiência renal.

O cantor, que fez fama depois de aposentado, tornou-se internacionalmente célebre após participar, ao lado de outros músicos veteranos, do filme “Buena Vista Social Club”, de 1999.

Há três dias, o músico foi homenageado pela sua banda, Compay Segundo Y Sus Muchachos, durante um show realizado em Havana, capital cubana.

Em decorrência de sua saúde debilitada, Compay teve de cancelar uma pequena turnê que realizaria pela Europa.

Seu último álbum foi lançado em 2002, com o título de “Duetos”.

O corpo de Compay Segundo está sendo velado em uma funerária de Havana. Às 16h (horário de Brasília), será transportado para a cidade de Santiago de Cuba.

Fechar X
Sem mais artigos