(Foto: Marta Ayora) New Order em São Paulo

Nesta noite de quarta, 28, os veteranos do New Order lotaram o Espaço das Américas, em São Paulo, para o primeiro show da turnê brasileira. Mas, quem foi para dançar aqueles hits dos anos 80 encontrou um grupo focado em apresentar músicas dos álbuns mais recentes.

A banda entrou pontualmente às 22h e o primeiro grande sucesso só foi aparecer às 22h50, quando tocaram o tão esperado Bizarre Love Triangle. Antes disso, o show priorizou músicas não radiofônicas do grupo e seguiu em ritmo lento. Um dos grandes momentos desse início foi a lindíssima versão de Decades, do Joy Divison. No telão ao fundo, a imagem do cantor Ian Curtis, morto em 1980, emocionava enquanto era exibida.

Bernard Sumner, o vocalista, também não se mostrou muito empolgado. Se comunicou com as pessoas somente do meio do show em diante. Sua primeira frase foi: “É maravilhoso estar em São Paulo, mas o trânsito da cidade é uma droga”. Em entrevista recente ao Virgula, o baterista Stephen Morris revelou que o grupo não curte o trânsito da capital paulista.

Foi com o show chegando ao fim que os hits começaram a aparecer. Daí a festa ganhou ânimo. Vieram na sequência The Perfect Kiss, True Faith, Blue Monday e Temptation. No bis, três canções para homenagear a ex-banda: Disorder, Atmosphere e Love Will Tear Us Apart , do Joy Division.

Confira em fotos como foi:

Fechar X
Fechar X