O público nordestino parece não gostar do cantor Alexandre Pires.

O 6° Festival de Cinema do Recife, realizado no Cineteatro Guararapes, teve uma noite agitada com a festa do documentário musical Viva São João!, que teve direção de Andrucha Waddington. A apresentação ficou por conta de Gilberto Gil, que se estendeu no discurso para relatar o filme.

No decorrer do evento, o público cantava as músicas do grande representado, Gonzagão, com entusiasmo, mas este acabou assim que Alexandre Pires apareceu na telinha.

Depoimentos de Sivuca, Alceu Valença, Dominguinhos e outros expoentes da cultura nordestina ajudaram a dar corpo e conteúdo ao filme, o mineiro Alexandre Pires também fez parte dessa “equipe” de depoimentos, mas assim que apareceu várias vaias surgiram espontaniamente.

Além do cantor mineiro não fazer parte do contexto, o povo nordestino está com o cantor esgasgado, pois de acordo com uma entrevista que deu ao Programa Jô, ele havia feito várias críticas ao povo nordestino.

Os nordestinos esperam que Andrucha perceba a insatisfação e edite o filme sem Alxandre Pires.

Fechar X
Sem mais artigos