(Foto: Fernanda Tiné/ reprodução Facebook) Pabllo VIttar

Nesta terça, 10, Pabllo Vittar, lançou o clipe de Indestrutível, o sexto e último vídeo do álbum Vai Passar Mal, de 2017.

Indestrutível é ambientado em uma memória dolorosa da adolescência de Pabllo, cercada pela homofobia, ódio, discriminação e intolerância. A primeira cena do clipe é mesclada com a informação, em fundo preto, que diz: “73% dos jovens LGBTs sofrem bullying nas escolas”.

A dor causada pelo preconceito é a conexão que liga tudo o que Pabllo viveu à história de todas as pessoas que se identificam com esses primeiros resquícios de agressão, que geralmente acontecem na escola, na adolescência.

A partir daí, a narrativa caminha para a violência física. Pabllo canta “Eu sei que tudo vai ficar bem e as minhas lágrimas vão secar”, e clama: “Se recebo dor, te devolvo amor”.

A direção é de Bruno Ilogti, responsável por clipes como Sua Cara, do Major Lazer, e Double Dutchess, de Fergie. Assista:

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos