A empresária de Caetano Veloso, Paula Lavigne, pediu explicações para a federação alemã sobre o uso não autorizado da músicas A Luz de Tieta em um vídeo compartilhado no Facebook oficial da seleção.

Veja o vídeo

O colunista do jornal O GloboAncelmo Gois, noticiou o caso na terça (08), antes da goleada humilhante de 7 a 1 sobre a seleção brasileira. 

À Folha, a empresária disse que a questão não era relativa ao pagamento, mas ao uso sem autorização. “Ele (Caetano) até achou o vídeo legal, curioso, é um clipe super alto astral mesmo. Mas nossa obrigação é só a de entender porque não pediram autorização”, afirmou.

Ainda assim, Lavigne indicou que a coisa pode azedar para o lado dos alemães. “Dá para ver que é um vídeo produzido. Provavelmente gastaram com câmeras, com a produção, só não gastaram com a música”, disse. Será que dá processo?

Fechar X
Sem mais artigos