Arnaldo Baptista

Arnaldo Baptista

Se um dia um ET aparecer por aí e fizer a clássica pergunta (“leve-me ao seu líder”), é bem provável que este terráqueo indique Arnaldo Dias Baptista, especialmente se ele for ligado na história do rock nacional. O fundador dos Mutantes, no entanto, tem uma outra persona também, ele é artista plástico e está com a exposição Exorealismo em cartaz na galeria Emma Thomas.

Arnaldo Baptista comenta sua exposição Exorealismo

“A gente faz um quadro, pensa no museu do Louvre, vem o outro e pensa na época das cavernas”, afirma ele, sobre como sua obra é interpretada. “Exorealismo tem a ver com como a vida dos ETs seria, os corpos, o amor, os veículos, a comida”, explica. Na visita guiada com o TVirgula, ele solta pérolas como: “Esse outro, eu operei o fígado, extraí umas pedras e grudei aqui dentro dessa lupa. Tem um quadro meu que eu colei uma luva”.

O mito, que iniciou sua carreira solo em 1974, com o clássico Lóki, topou levar o TVirgula para um a visita guiada e falou sobre influências, música, artes plásticas, seu estilo e, claro, extraterrestres.

SERVIÇO

Exposição Exorealismo, de Arnado Baptista
Onde: Emma Thomas, rua Estados Unidos, 2205, Jardins
Quando: visitação de terça a sexta, das 11h às 19h, e sábados das 11h às 17h, até 10 de janeiro
Quanto: grátis

Fechar X
Sem mais artigos