Uma pesquisa realizada na Holanda afirma que casais que possuem uma relação saudável e feliz são propensos a terem mais anos de vida. Ela explica que aqueles que estão mais satisfeitos com os seus pares também são motivados a terem um estilo de vida mais ativo.

O estudo, feito pela Universidade de Tilburg, analisou 4.374 casais nos EUA com mais de 50 anos, sendo que 99,5% deles eram formados por heterossexuais. “Os dados mostram que a satisfação com a vida do cônjuge está associada à mortalidade, independentemente das características socioeconômicas e demográficas dos indivíduos, ou do seu estado de saúde física”, disse Olga Stavrova, líder da pesquisa, ao tabloide Daily Mail.

Além de responderem se estavam contentes com suas vidas, os participantes também classificaram o quanto eles podem confiar em seus parceiros e o quanto podem se abrir com eles em uma escala de 1 para 4.

Após 8 anos, 16% dos analisados morreram, e o estudo concluiu que as pessoas que vieram a óbito eram justamente as que relataram viver em um relacionamento ruim e que estavam insatisfeitos com a vida que levavam.

“Essa pesquisa pode ter implicações para questões como quais atributos devemos prestar atenção ao selecionar nosso cônjuge ou parceiro e se as recomendações de estilo de vida saudável devem ter como alvo casais ou famílias ao invés de indivíduos”, afirmou Stavrova.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos