A brincadeira nos aplicativos de namoro e paquera tem tudo para ser decepcionante. Conversas monossilábicas, perguntas óbvias, rudeza e falta de uma conexão verdadeiramente interessante são apenas algumas das pequenas frustrações que podem rolar em apps como Tinder e Happn. Com as mulheres, a situação vai bem além; não raro, elas são alvo de mensagens agressivas, abusivas e explícitas de outros usuários, sem qualquer sentido.

O comediante inglês Sy Thomas pode sentir isso na pele depois de criar um perfil feminino no Tinder. “Eu sou um homem solteiro que fica cada vez mais frustrado com esses apps de paquera online. Comecei a pensar: e se eu fosse mulher? Talvez eu aprendesse algumas técnicas com os caras que estão tentando chegar em mim”, explicou ele.

Sy Thomas realmente se engajou na missão e criou um personagem de verdade, com direito a peruca, enchimentos nos seios, maquiagem e toda uma produção para caprichar nas selfies que seriam usadas no perfil em questão. Depois de se cadastrar no aplicativo e completar o perfil, “Simone” começou a receber as primeiras mensagens bizarras de seus admiradores.

“Você gosta de Harry Potter? Se gosta, você deveria abrir a sua ‘Câmara Secreta’ e deixar meu ‘Basilisco’ entrar”, dizia uma delas. Fãs de Harry Potter entenderão essa piadinha infame, claro.

Nessa daqui, o cara fez um trocadilho muito pior – e nada, nada sedutor. “Se você fosse uma máquina de lavar roupa, eu colocaria toda a minha roupa suja em você”. Sim, porque nada dá mais tesão do que imaginar um cesto de roupa suja.

Thomas, ou “Simone”, também recebeu algumas mensagens gentis, que elogiavam suas fotos e beleza, sem nenhum trocadilho absurdo ou muito sem graça. Essas cantadas, porém, eram bem menos frequentes. “Você nunca fala um tipo de mensagem [de assédio] dessas num bar, por exemplo. As melhores são aquelas que são realmente sinceras”, acredita o comediante.

Veja a experiência completa aqui:

 

Sem mais artigos