Reunir entes queridos para celebrar o amor em tempos de coronavírus não é uma tarefa fácil, muito menos aconselhada. Mas um casal da cidade de Nova York encontrou um jeito pra lá de criativo – e, acima de tudo, seguro – para oficializar sua união.

Reilly Jennings e Amanda Wheeler se casaram na última sexta-feira (23), no meio de uma rua. A relação foi oficializada pelo amigo Matt Wilson. Mas como a ordem é manter-se em casa e priorizar o distanciamento social, Wilson realizou a cerimônia diretamente de sua janela, no quarto andar.

A prevenção não é à toa: o estado de Nova York é uma das cidades mais afetadas pelo coronavírus nos Estados Unidos, com mais de 20 mil casos confirmados. Consequentemente, empreendimentos estão sendo temporariamente fechados e o governo pede para que os moradores, se possível, permaneçam em casa ou mantenham distância entre si.

As medidas acabaram afetando os planos de Jennings e Wheeler, que desejam se casar em Outubro, mas por medo da pandemia, optaram por realizar uma rápida cerimônia no cartório.

O casal obteve a habilitação do casamento na última quinta-feira (19). No dia seguinte, foi ao cartório para oficializar a união, mas o local havia sido fechado indefinidamente como medida de segurança contra o coronavírus.

“Após uma tarde sombria, um de nossos amigos nos mandou uma mensagem para avisar que ele tinha uma licença emitida pelo secretário do condado de Nova York e poderia nos casar”, contou Jennings à CNN.

“Por mensagem, perguntamos: ‘você quer nos casar, do lado de fora da sua janela, em 24 horas?’ e ele disse ‘sim'”. O casal não perdeu tempo: marcou o encontro logo em seguida, aprontou-se, comprou flores e foi direto para o prédio do amigo.

A cerimônia pode não ter ocorrido em meio a uma grande festa, mas as duas não aproveitaram o momento sozinhas: “pudemos compartilhar nosso amor com muito mais pessoas do que a gente poderia imaginar. E essa é a melhor parte”, comemorou Jennings.

Fechar X
Sem mais artigos