Uma pesquisa feita feita na Suécia mostra que bebês que combatem ainda cedo doenças ligadas ao sistema nervoso têm 20% a mais de chances de praticarem crimes violentos ao longo de suas vidas.

O estudo, realizado pelo Instituto Karolinska, em Estocolmo, mostra que doenças como a meningite, encefalite e o vírus do herpes, que também pode causar herpes labial, ativam o sistema imunológico. Para os pesquisadores, essas inflamações afetam o desenvolvimento de regiões do cérebro responsáveis por regularem a agressão e a violência.

O estudo, feito entre 1973 e 1995, analisou 2.262.597 nascidas na Suécia. Foram verificados os registros médicos dos participantes para se ver o número de infecções deles até os 14 anos, e então seus dados foram comparados com condenações em registros criminais.

A infecções que ocorreram no primeiro ano de vida dos analisados aumentaram o risco de violência em 20%, segundo a pesquisa. Os resultados também mostraram que os números permaneceram iguais mesmo com os pesquisadores ajustando outros fatores, como educação, renda e convicções políticas.

Fechar X