Operários constroem hospital em 48 horas em Huangzhou, na China

A cidade de Huangzhou informou ter convertido uma região de prédios vazios em um hospital em dois dias. Isso mesmo. Em 48 horas, cerca de 500 operários trabalharam divididos em três turnos para erguer o local, que conta com internet, água potável e 1.000 leitos.

 

 

A construção foi feita em tempo recorde visando atender as pessoas infectadas com o coronavírus, que já matou 130 pessoas na China. Cerca de 6.000 pessoas estão infectadas em todo o país, de acordo com autoridades oficiais de saúde.

 

O Centro Médico Regional de Montanha Dabie, como foi nomeado o hospital, já começou a atender pacientes na última terça-feira, em um contingente de emergência. A cidade de Huangzhou fica próxima à província de Wuhan, onde a disseminação do vírus teria começado.

 

China já informou que está construindo em tempo recorde mais quatro hospitais gigantes para atender mais infectados pelo coronavírus e a outros pacientes. Um destes hospitais, que deve ser o maior entre eles, funcionará em Wuhan.

 

O país já começou a retirar habitantes da província de Wuhan por causa da disseminação do vírus, que está sofrendo mutações, segundo cientistas. Parte dos moradores foram para os Estados Unidos e alguns desembarcaram no Japão.

Fechar X
Sem mais artigos