Antes de ter filhos, você ouvia histórias de que os bebês dormem muito. Depois de ter seu bebê, continua ouvindo do filho da fulana que dorme 12 horas seguidas. Mas o seu… acorda de hora em hora e raramente emenda mais de 3 horas seguidas de sono.

Primeiramente, é importante ficar tranquilo e saber que não é só em sua família que acontece dessa maneira. As principais reclamações dos pais aos médicos são justamente sobre sono do bebê. Mas, antes de apelar para táticas milagrosas ou procurar consultoria de sono, veja o que a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) recomenda para uma boa higiene do sono.

Vale observar que algumas práticas rejeitadas pela SBP já são aceitas por outros órgãos mundiais de saúde.

Como fazer o bebê dormir melhor

Confira as dúvidas mais comuns dos pais e cuidadores de bebês respondidas pela SBP:

Meu bebê tem dois meses e troca o dia pela noite. É normal?

Sim, é normal que bebês recém-nascidos durmam mais durante o dia e despertem na madrugada para mamar. Isto porque o ciclo de sono-vigília deles é desorganizado e amadurece conforme o desenvolvimento e as rotinas de higiene de sono.

Quando devo levar o bebê para dormir no berço dele?

A escolha pelo quarto do bebê na hora do sono está ligada à segurança materna em deixá-lo dormir em outro espaço. Mas deve-se levar em consideração possíveis agravos que o bebê tenha apresentado na maternidade, clima frio e frequência de mamadas. Assim que possível é aconselhável que a criança tenha seu espaço definido na hora de dormir, o seu berço.

Posso fazer cama compartilhada?

Cama compartilhada entre pais e bebês aumenta consideravelmente o risco de quedas e sufocamento dos pequenos. Sabemos que este momento de receber um filho é muito esperado, mas pode-se transmitir amor, afeto e segurança sem colocar em risco o bebê. Cada um na sua!

Como ensinar meu bebê a dormir melhor à noite?

Principais passos para uma boa higiene do sono em bebês:

·  Determinar uma rotina para os cochilos do dia, geralmente um em cada período, curtos e não muito no final da tarde para não atrapalhar o sono noturno;

·  Ter um mesmo horário para dormir e despertar todos os dias;

·   Durante o dia, manter o ambiente claro, com sons e movimentos da casa. À noite, usar luz fraca e ambiente calmo favorecendo o diferencial entre os horários;

·   Ter uma rotina diária e igual pré-sono: banho, massagem, música ou qualquer outra que marque para o bebê que está na hora de dormir

·   Evitar estímulos com barulho e agitação pelo menos uma hora antes do horário de dormir.

Ele acordou na madrugada. Devo levar para o meu quarto?

O ideal é que a criança seja colocada na cama ainda acordada e caso desperte na madrugada, verificar fraldas, temperatura e não levá-la para a  sua cama. Ficar no quarto dela até ela se acalmar. A criança aprenderá a dormir sozinha com segurança, para quando despertar à noite, sentir-se tranquila e capaz de adormecer novamente por si só.

Meu filho gosta de ficar no tablet/celular/TV até a hora de dormir. Faz mal?

Sim. A frequência de ondas e luminosidade das telas altera a qualidade de sono que se torna não reparador. Os aparelhos eletrônicos acima dos 2 anos de idade devem ser desligados cerca de 1 hora antes do horário de dormir

É verdade que é preciso dormir para crescer? E que dormir pouco ou mal engorda?

Sim. Durante o sono, temos a ativação de vários sistemas hormonais que irão impactar no crescimento, ganho de peso, imunidade e habilidades cognitivas.

Banho quente ajuda a dormir?

Sim. O banho quente provoca a dilatação dos vasos e consequentemente a redução da temperatura no cérebro, fazendo uma indução do sono. As vovós tinham razão!

Quanto tempo uma criança deve dormir durante 24 horas:

Depende da idade da criança:

· 4 a 12 meses: 12 a 16 horas de sono (inclui os cochilos do dia)

·  1 a 2 anos: 11 a 14 horas (inclui os cochilos do dia)

·   3 a 5 anos: 10 a 13 horas (inclui  os cochilos do dia)

·   5 a 12 anos: 9 a 12 horas

·   13 a 18 anos: 8 a 10 horas

Como fazer crianças e adolescentes dormirem melhor

A qualidade e a quantidade das horas dormidas são fundamentais para o bom desenvolvimento de crianças e de adolescentes. Considerando o papel chave de pais e educadores nesse processo, a SBP, por meio de seus Departamentos Científicos de Adolescência e de Sono, oferece as seguintes recomendações.

11 passos fundamentais para crianças dormirem à noite:

1) Manter uma rotina para os cochilos diurnos das crianças que ainda necessitam, evitando-os no final da tarde;

2) Colocar a criança ainda acordada em sua cama, indicando que é hora de dormir, oferecendo-lhe ambiente calmo e tranquilo para induzir o sono e ganhar sua confiança e segurança;

3) Criar uma rotina para a hora de dormir, com um momento bom e agradável com os pais (ler estórias, ouvir música calma, etc.), sem muitos estímulos;

4) Criar um ambiente propício ao sono e recompensar as noites bem dormidas;

5) Manter o mesmo horário para dormir e acordar todos os dias, incluindo finais de semana e feriados (horários regulares);

6) Evitar bebidas (chocolate, refrigerante, chá mate ou cafeinados) e medicações que contenham estimulantes próximas a hora de dormir;

7) Tentar não deixar a criança adormecer com mamadeiras, leite, chás ou vendo televisão ou em outro lugar que não seja sua própria cama;

8) Não alimentar a criança durante a noite;

9) Evitar levar a criança para cama dos pais ou outros lugares para dormir ou acalmar-se;

10) Se a criança acordar a noite para ir ao banheiro ou por causa de pesadelos, permanecer no quarto dela até se acalmar e avisá-la que retornará para o seu quarto, quando ela adormecer;

11) Quando lidar com a criança durante a noite, usar uma luz fraca, falar baixo e ser breve o suficiente, sem estimulá-la.

 

Já estas crianças dormem em qualquer lugar! Que dádiva!

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos