Uma empresa especializada em produtos para o sono enviou uma carta aberta ao CEO da Apple, Tim Cook, pedindo para que a empresa extingua, de uma vez por todas, a função ‘soneca’ do despertador. O intuito é que as pessoas tenham um sono melhor.

A responsável pelo pedido, a marca Eve, alerta que a ferramenta prejudica a saúde e pede para que seus consumidores parem de usá-la a fim de terem um “começo de dia mais alegre”. Na carta, eles alertam: “apertar aquele botão tentador todas as manhãs para conseguir nove minutos extras faz com que milhares de britânicos acordem confusos, desgastados e atrasados para o trabalho. Isso não é legal”. “Estamos fazendo nossa parte ao criar produtos que garantam um sono sublime e um início de dia perfeito. Agora façam a sua”, pediram à Apple.

Apesar de parecer algo pequeno, especialistas alertam que os minutos a mais que o botão gera não são restauradores, pelo contrário. “Ele está na lista dos ‘assassinos do sono’, pois a soneca contínua geralmente faz com que as pessoas acordem mais cansadas do que estariam caso tivessem levantado da primeira vez que o alarme tocou”, explica Janet K. Kennedy, psicóloga e fundadora da clínica NYC Sleep Doctor, em entrevista ao site Well+Good.

Neil Stanley, especialista do sono ouvido pelo The Sun, tem uma visão mais amena sobre o assunto. “Isso vai te deixar de mau humor, não te matar”. Mas seu conselho para uma noite proveitosa é: “coloque um alarme na hora que realmente precisa acordar e acorde de uma vez.”

Isso porque, de acordo com Stanley, ao despertar, o nível de cortisol – o hormônio do estresse – aumenta e isso faz com que o corpo enxergue o alarme como uma ameça. Portanto, ser acordado diversas vezes, um efeito do botão ‘soneca’, pode causar mau humor e bagunçar o dia.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos