Um escocesa de 45 anos quase perdeu o braço ao tentar separar uma briga de gatos. Moira Brady contraiu uma infecção após ser arranhada por um dos animais.

Apesar de ser um corte aparentemente ‘simples’, dois dias depois sua mão começou a inchar. De acordo com o Daily Mail, o ferimento foi infectado pela bactéria Streptococcus A e, como consequência, Brady perdeu um dedo – o que os médicos consideraram “sorte”, pois ela poderia ter morrido caso não tivesse procurado ajuda.

Os rins da moradora de Glasglow já tinham começado a falhar e ela precisou realizar dois enxertos de pele. O ferimento a fez passar um mês internada. “Eles disseram que eu podia ter morrido ou perdido minha mão inteira”, afirmou.

Brady precisará passar por mais cirurgias para reparar o membro.

Ao Daily Mail, a médica Emilia Crighton aconselhou que “se o arranhão for superficial, limpe a área e procure por médicos apenas se estiver infectado”. Mas se ocorrer uma mordida e a pele for rasgada, “eu alertaria para a pessoa procurar o hospital, pois a área poderia estar [facilmente] infectada.”

Fechar X
Sem mais artigos