Um estudo no “Journal of Sexual Medicine” alegou que exercício de cardio poderiam diminuir problemas com disfunção erétil em homens e melhorar os orgasmos das mulheres.

A conclusão foi baseada numa pesquisa com pessoas que praticam esportes como natação, ciclismo, e corridas, entre outros. Foram mais de 6 mil participantes, de países como Estados Unidos, Canadá, Nova Zelândia, e até partes da Austrália e do Reino Unido.

Homens que queimavam mais de 8 mil calorias por semanas tinham menos chances de ter problemas com disfunção erétil – elas eram 22% menores.

Já nas mulheres, a satisfação com os orgasmos era proporcional ao número de vezes que elas se exercitavam na semana. Inclusive, as que iam mais frequentemente se sentiam mais facilmente “no clima”.

E mais importante: o tipo de atividade em si não afetava os resultados, e todas as atividades consideradas da categoria cardio ajudaram a melhorar a libido dos entrevistados.

Apesar das conclusões, é importante apontar possíveis discrepâncias na pesquisa, uma vez que a única evidência eram os relatos dos participantes sobre suas experiências sexuais. O estudo foi realizado apenas com pessoas que se exercitam regularmente, e não comparou-as com pessoas com estilos de vida sedentários.

Confira: Verdades sobre o sexo

Fechar X
Sem mais artigos