A miséria é um grave problema que afeta mensalmente a vida de milhões de mulheres no mundo todo durante seu período menstrual. Por causa da falta de recursos, elas não têm condições de comprar absorventes íntimos descartáveis. Por isso, encontram outros métodos de fazer a higiene e conter o fluxo durante estes dias.

A ONG Water Aid, que leva absorventes à mulheres carentes, divulgou material sobre soluções alternativas em vários países.

No Zâmbia, por exemplo, mulheres usam fezes secas de vacas como absorventes internos. “Não coloco direto em contato com a minha pele. Enrolo em um pedaço de pano limpo antes”, disse Limpo, de 22 anos. E, depois de encharcados, os “absorventes” são enterrados.

A ONG alerta governos e comunidades sobre este cuidado básico de saúde da mulher. “Menstruação é uma coisa natural, então é obrigação social que as mulheres não sejam excluídas da sociedade uma vez ao mês por causa disso”, dizem.

A Water Aid faz um balanço que, apenas no Reino Unido, considerado um país rico, 40% das meninas faltam às aulas por não conseguirem comprar a quantidade necessária de absorventes.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos