Uma adolescente de 16 anos ouviu os batimentos cardíacos do pai 12 anos após sua morte. Isso foi possível porque ela conheceu o homem que recebeu o coração do pai em um transplante.

A história foi divulgada pela Donor Network West, uma ONG que desde 1987 já tornou possível mais de 13 milhões de pessoas encontrarem doadores de órgãos e tecidos nos estados da Califórnia e Nevada, nos Estados Unidos.

“Eu sabia que era meu pai”, disse Erika Preciado. Segundo o site CBS News, o pai da jovem morreu em um acidente de carro há mais de uma década e os órgãos salvaram vidas de quatro pessoas. Entre elas, Ramiro Cruz, que recebeu o transplante de coração.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos