Angioedema é uma forma de inchaço severo acompanhada de coceira que, se afetar a garganta, pode ser perigoso para a saúde. É geralmente causada por alergia a trigo e grama. A inglesa Caitlin teve um episódio grave da doença durante um acampamento em um festival de música na Inglaterra. Preocupada em não perder os shows, a jovem decidiu adiar a ida ao médico e o inchaço progressivo de sua cabeça virou história no Twitter.

Uma amiga de Caitlin registrou diariamente a evolução do inchaço e descrevia de forma divertida a experiência.

Ela começa o registro no terceiro dia em que a dupla estava acampada no festival de música. “Aqui uma foto para mostrar a diferença da cabeça dela no dia 1 e dia 3”, escreveu. E, continuou: “no dia seguinte, acordamos e Caitlin disse que sua cabeça estava pesada. Ela tinha evoluído para a cabeça de um tubarão-martelo. Depois, os lados começaram a crescer e ela virou o E.T.”, diverte-se.

Caitlin continuo curtindo os dias de festa e até se tornou atração no local. “Nossa barraca virou um circo e pensamos em começar a cobrar ingresso. A cabeça não parava de inchar e dava até para fazer buracos na testa. Era ótimo”, descreve a amiga.

As meninas, então, procuraram a enfermaria do festival: “ela voltou apenas com um plástico na cabeça. Eles deram só um saco de gelo”, narra a amiga. “No sábado, decidimos dormir mais cedo, já que Caitlin carregava uma criança na cabeça e sorria com isso”.

A partir deste dia, os olhos começaram a inchar muito e a jovem não conseguia mais abri-los. “Ela não consegue ver nada enquanto nós esperamos as pessoas que nos deram à luz vir nos buscar”. A história termina com Caitlin em casa “tendo que segurar a pálpebra para conseguir ver TV”.

A amiga explica que Caitlin tomou antialérgicos durante vários dias no festival, mas nada funcionou. “Ela visitou a tenda médica do festival várias vezes e esperava que os remédios fizessem efeito”.

Fechar X
Sem mais artigos