O objetivo é incentivar conscientização e responsabilidade intergeracional

O congresso das Filipinas aprovou uma lei no dia 15 de maio que estipula que todos os alunos devem plantar pelo menos 10 árvores para que possam se formar. Isso valeria para alunos desde o ensino fundamental até à faculdade.

Não há restrições quanto ao tipo de solo ou árvore que deve ser plantado, mas os alunos devem se assegurar de escolher um tipo de árvore compatível com o clima, e a preferência é de que plantem árvores indígenas.

Gary Alejano foi o autor do projeto de lei aprovado. Ele explica que a ideia é promover a “responsabilidade intergeracional”, e continuar incentivando o pensamento ecológico comum nessas gerações, tornando ele uma realidade.

A estimativa é de que cerca de 175 milhões de árvores sejam plantadas todo ano, somando um total de 525 bilhões pra uma geração. O governo já está decidindo quais órgãos ajudarão a prover os recursos necessários para a população.

As Filipinas já têm medidas ecológicas e são conhecidas por suas iniciativas de ajudar a preserva o meio-ambiente. Em 2011, os filipinos bateram um recorde ao plantarem 64,096 árvores em 15 segundos.

Um país inteiro provando que é sim possível ajudar o mundo e incentivar a preservação ecológica com uma árvore de cada vez.

Fechar X
Sem mais artigos