Há seis meses, a americana Starr Gardy estava no trânsito quando viu um carro estampado com a foto de um jovem e uma mensagem que dizia: “por favor, meu filho precisa de um rim”.

Ela ficou tão comovida que procurou a família para fazer os testes de compatibilidade. “Eu fiquei muito comovida, procurei por eles e, desde então, minha vida tem sido uma montanha-russa de emoções”, contou ao programa de TV ‘Good Morning America’. Starr, que tem dois filhos pequenos, doou um dos rins a Daniel Jones Jr, de 23 anos.

Daniel tem síndrome de Alport, uma condição genética que reduz o funcionamento dos rins, audição e visão até a possível perda das funções. Ele foi diagnosticado com a doença na adolescência e, desde então, sua saúde piorou muito e ele precisava do transplante o mais rápido possível.

Por isso, Lashonda Pugh, mãe de Daniel, decidiu estampar o pedido desesperado nos carros da família. Há dois anos, ela dirige os veículos com os anúncios. Mas, só no fim do ano passado, alguém os procurou para fazer a doação.

“Agora, nós somos família. Nos abraçamos, choramos e eu a agradeci muito por ter dado ao meu filho uma segunda chance de viver”, disse Lashonda ao site Insider.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos