Ela era uma estudante que havia morrido de repente após adoecer em casa em dezembro do ano passado. A autópsia, divulgada recentemente, descobriu que o motivo foi na verdade uma overdose de ecstasy. 

Eboney Cheshire tinha 13 anos e vivi a em Rainhall, Merseyside, uma cidadezinha de pouco mais de 10 mil habitantes na Inglaterra.

Anteriormente, a polícia havia dado a causa da morte como inexplicada, mas relatório recente revela que o falecimento foi decorrente de MDMA (substância contida no ecstasy) em seu organismo.

Após a tragédia, tributos foram feitos em sua escola. Sua mãe postou há poucos dias em sua conta no Facebook: “Minha linda garotinha, eu te amo com todo o meu coração. Estou quebrada e não posso imaginar a vida sem você. Não quero ver o amanhã. Só quero você de volta em meus braços”.

Fechar X

 

Fechar X
Sem mais artigos