Num gesto de amor e solidariedade, Oisín Ruskin, de apenas seis anos, deixou que a amiga, Lulu Devries, que havia perdido os cabelos por causa do câncer, raspasse sua cabeça. “Eu me pareço com você agora!”, disse o garoto, durante o evento que ele próprio promoveu para arrecadar cerca de R$ 800 mil para o tratamento de Lulu.

Ela e Oisín se aproximaram no início do ano letivo de 2017, pouco antes de a garotinha inglesa ser diagnosticada com neuroblastoma, um tipo de câncer que afeta principalmente crianças com menos de seis anos. O tumor já havia se espalhado pelos ossos, medula e sistema linfático. Na época, Oisín iniciou uma campanha que levantou 2.800 libras para o tratamento que a amiga precisava.

Com a intervenção, o tumor diminuiu, mas ainda havia 50% de chance de incidência da doença. Para minimizar esta possibilidade o tratamento custaria 162 mil libras. E outra vez, o garotinho se propôs a ajudar numa campanha que angariou aproximadamente R$ 800 mil.

“É muito dinheiro, mas nós não podemos colocar um valor na vida da nossa menininha. Há uma chance de 50% dela ter uma recaída após o fim do tratamento. Das crianças que têm, 90% morrem. Mas com a intervenção médica, ela tem 90% de chance de sobrevivência. Então não é uma questão. Ela está sendo muito corajosa, é a nossa pequena super heroína, declarou Rob DeVries, pai da menina.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos