O casal de ingleses Lucy e Craig sempre quiseram filhos, mas antes da chegada de Sienna, a primeira menina, eles passaram por momentos difíceis. Segundo o site Daily Mail, foram três abortos espontâneos e uma fertilização in vitro mal sucedida.

Após os episódios, Lucy foi diagnosticada com síndrome dos ovários policísticos. Com ajuda médica, decidiram aceitar uma terapia polêmica chamada de imunomoduladora para terem filhos biológicos. O tratamento era feito usando uma mistura à base de óleo de soja e gemas de ovos. Algumas gotas do líquido, rico em gordura, era inserido no canal vaginal antes e após as relações sexuais. O objetivo era equilibrar o sistema imunológico.

Todo o processo não foi barato, já que a avaliação médica inicial custou $4 mil euros e cada dose do líquido era comprada por $335 euros.

Após o tratamento, o casal teve sua primeira filha e agora espera o segundo bebê. “Eu acho que o tratamento também interferiu nessa gravidez, porque agora o meu corpo sabe o que fazer”, disse Lucy.

Mãe usa Instagram para ser honesta sobre gravidez:

Fechar X
Sem mais artigos