Lilliya Konovalova, de 29 anos, vive no Cazaquistão e teve uma surpresa durante o parto. Ou melhor, os partos. Isso porque seus filhos gêmeos nasceram em datas diferentes.

Segundo o site Daily Mail, ela deu à luz uma menina em maio. E, 11 semanas depois, veio ao mundo um menino.

De acordo com especialistas, o fato raro acontece porque Lilliya foi diagnosticada com uma condição conhecida por útero didelfo. Por má formação, as pacientes têm dois úteros e, em casos mais extremos, até duas vaginas. Nestes casos, a chance de gerar gêmeos é arriscada e de apenas uma em 25 mil.

Pais mostram vida antes e depois dos filhos:

 

Fechar X
Sem mais artigos